SALVADOR - Já chegam a 152 os feridos por fogos de artifício em Cruz das Almas (BA), a 146 quilômetros a sudoeste de Salvador. A cidade, que tem na guerra de espadas (artefatos feitos com tocos de bambu recheados com pólvora e limalha de aço) a maior tradição nas comemorações juninas, contabilizava 152 queimados entre o dia 13 - festa de Santo Antônio - e a noite desta terça-feira, Dia de São João.

Agência Estado
Espadas de fogo deixaram mais de 300 feridos em 2008

Apenas entre a noite desta segunda e a manhã desta terça, período de maior concentração de casos, 80 pessoas ficaram feridas, mas a expectativa da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) é que o saldo final dos festejos, que será divulgado nesta quarta, seja menor que o de 2007, quando houve 305 casos de queimaduras durante as comemorações no município.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.