Flip vai homenagear o poeta Manuel Bandeira

Considerado por Mário de Andrade o São João Batista do modernismo brasileiro, o poeta pernambucano Manuel Bandeira (1886-1968) é o homenageado da 7ª Festa Literária Internacional de Paraty, que ontem anunciou a programação oficial. Realizada entre 1º e 5 de julho, com o custo de mais de R$ 5,9 milhões, captados por meio de leis de renúncia fiscal, a Flip prevê 18 mesas em que 34 autores vão debater temas variados, de ciência e poesia a história em quadrinhos e música erudita.

Agência Estado |

O público estimado, segundo Mauro Munhoz, diretor geral da Flip, é entre 20 mil e 30 mil pessoas.

A conferência de abertura, às 19h do dia 1º, é comandada por Davi Arrigucci Jr., autor de ensaios fundamentais sobre Bandeira, reunidos em Humildade, Paixão e Morte (Companhia das Letras) e O Cacto e As Ruínas (Editora 34). Sua fala se concentrará nas ideias desenvolvidas nessas obras críticas, nas quais mostra como Bandeira foi capaz de extrair o sublime do prosaico, usando palavras simples de transformar a morte em material poético e de relacionar a poesia com outras artes, como a música e a pintura.

Outras duas mesas estão voltadas para o autor de Vou-me Embora Pasárgada e Pneumotórax . Em “Evocação de um Poeta”, às 10h do dia 3, Angélica Freitas, Eucanaã Ferraz e Heirtos Ferraz tratam da atualidade da obra. Às 15h do dia 5, na mesa “Antologia Pessoal”, Edson Nery da Fonseca e Zuenir Ventura fazem exposição baseada em “memórias afetivas” sobre o poeta pernambucano.

Neste ano se comemoram o centenário de nascimento de Charles Darwin e os 150 anos de seu livro mais influente, A Origem das Espécies . O biólogo Richard Dawkins foi convidado a falar de evolucionismo e ateísmo às 19h do dia 2.

Um das mesas que deve ter mais procura, às 19h do dia 3, é a que Chico Buarque de Holanda, autor de Leite Derramado (Companhia das Letras), divide com Milton Hatoum, autor de A Cidade Ilhada (Companhia das Letras). Outro destaque é o português Antonio Lobo Antunes, que falará com o público, às 19h do dia 4, sobre sua vida e obra. Na mesa Fama e Anonimato, o jornalista americano Gay Talese conversa com o brasileiro Mario Sergio Conti sobre o futuro da profissão. Para ter mais informações sobre programação e ingressos: www.flip.org.br. As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG