Agosto de 2010 já triplicou o número de casos registrados no ano anterior

Queimada atinge a região de São João da Boa Vista, no interior do Estado de São Paulo. Soldados do Corpo de Bombeiros estão no local para monitorar os focos de incêndio
AE
Queimada atinge a região de São João da Boa Vista, no interior do Estado de São Paulo. Soldados do Corpo de Bombeiros estão no local para monitorar os focos de incêndio
O número de focos de incêndio voltou ficar acima de dois mil casos durante o final de semana, segundo dados do satélite referência do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). De acordo com o Instituto, no sábado foram registrados 2.010 focos de queimadas em todo o território nacional. Antes disso o maior resultado da semana havia sido na terça-feira, quando o satélite detectou 2.051 indícios de fogo pelo país.

A prolongação do clima seco e o avanço da fronteira agrícola fizeram o mês agosto de 2010 ter o triplo de queimadas detectadas, quando comparado ao mesmo período do ano passado. Nos 29 dias do mês, foram identificados 26.425 focos de incêndio, resultado 268% superior quando comparado aos 7.177 casos registrados em 2009.

Até o momento já foram destinados mais de R$ 28 milhões pelo Governo Federal ao combate a incêndios, que acumulam 45.331 casos em 2010. O Ministério do Meio Ambiente (MMA) criou uma série de Centros Integrados que têm trabalhado em conjunto aos Estados para evitar que o recorde histórico de 2007 (189 mil) seja superado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.