Filmes indianos são tema de ciclo na Cinemateca Brasileira

SÃO PAULO ¿ Bollywood? Quem desconhecia o gigantesco centro produtor de filmes na Índia foi tomado de assalto pela enxurrada de citações motivada por Quem Quer Ser Um Milionário?, grande vencedor do Oscar 2009, claramente influenciado pela estética indiana. A estreia da novela Caminho das Índias, então, só serviu para deixar a nação asiática ainda mais em voga. Por isso, a mostra Bollywood e o Cinema Indiano, em cartaz a partir desta terça-feira (17) na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, é mais do que oportuna.

Redação |

Cena de "Bobby", filmado em 1973 / Divulgação

A terceira edição do ciclo traz uma amostra da nova produção de filmes policiais rodados na região e um programa especial reunindo longas que tratam de questões relacionadas ao terrorismo na Índia atual. Além disso, não ficam de fora os tradicionais musicais, entre eles o clássico "Bobby", de Raj Kapoor, que marcou época na década de 1970.

Atualmente, a Índia é o maior pólo produtor de cinema no mundo, com cerca de 800 longas-metragens lançados anualmente. O baixo valor do ingresso faz com que o público vá em massa às salas ¿ estima-se uma audiência diária de 100 milhões de pessoas. O grande atrativo, além dos astros locais, é o enredo: a grande maioria das produções segue o gênero "massala", que engloba vários outros (drama, romance, comédia), mais os números de canto e dança, dividos em uma trama de três horas e meia, em geral.

No total, 13 filmes participam do ciclo, que segue na Cinemateca até 29 de março. O produtor, cineasta e editor indiano Ram Prasad Devineni, que fez a curadoria da mostra, participa da seleção com o documentário "Bollyworld", inédito no País. Na próxima terça-feira (24), o jornalista Franthiesco Ballerini, co-produtor do filme, participa de um debate com o público após a exibição. A entrada é franca, mas há uma ressalva: todas as projeções contam apenas com legendas em inglês.

A programação completa de "Bollywood e o Cinema Indiano", com as sinopses dos filmes, está disponível no site da Cinemateca Brasileira.

Leia mais sobre: Bollywood

    Leia tudo sobre: bollywoodíndia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG