Filmes de diretores veteranos e adaptações literárias devem encabeçar Oscar em 2010

SÃO PAULO ¿ O verão já acabou mas, mesmo assim, o ano cinematográfico em Hollywood ainda vai demorar um pouco para engrenar. Isso porque os principais candidatos ao Oscar tradicionalmente estreiam no segundo semestre, para que estejam ainda frescos na memória dos eleitores da Academia. De olho na premiação em 2010 ¿ já que os reflexos da última edição ainda pipocam nas salas do País, com Quem Ser Um Milionário? dominando as bilheterias ¿, o iG relacionou dez projetos que podem estar na linha de frente do próximo Oscar. Confira.

Marco Tomazzoni |

  • "Tetro"

Após dez anos sem filmar, Francis Ford Coppola finalmente lançou em 2007 o longa-metragem "Velha Juventude", ainda inédito no Brasil, considerado desapontador pela crítica. "Tetro", rodado na Argentina, vem quase na sequência e mostra que o consagrado diretor de "Apocalypse Now" e "O Poderoso Chefão" não perdeu o fôlego e pode agora mostrar enfim uma obra relevante. Primeiro roteiro original de Coppola desde "A Conversação" (1974), o filme é baseado nas memórias do cineasta, apesar de, segundo ele, não ser autobiográfico. O enredo permanece um mistério e é descrito apenas como as "rivalidades de uma artística família de imigrantes italianos". O filme é estrelado por Vincent Gallo  ("Brown Bunny") e conta ainda com Carmen Maura e Maribel Verdú ("E Tua Mãe Também") no elenco.

  • "Public Enemies"

Novo filme do talentoso Michael Mann ("Colateral", "O Informante", "O Último dos Moicanos"), "Public Enemies" tem como principal atrativo o fato de Johnny Depp interpretar um raro papel de vilão em sua carreira. No filme, ele é John Dillinger, personagem real responsável por uma onda de crimes na Chicago da década de 1930, período da Grande Depressão. O agente federal Mel Pervis (Christian Bale, o Batman em pessoa) é o homem destacado para prender o criminoso, na época em que o FBI dava seus primeiros passos. A ganhadora do Oscar Marion Cotillard encarna Billie Frechette, namorada de Dillinger.

  • "Nine"

Uma das maiores apostas para o Oscar 2010, "Nine" é baseado na adaptação para a Broadway de "8 1/2", clássico autobiográfico de Federico Fellini. O resultado, claro, é um musical, entregue nas mãos do diretor e coreógrafo Rob Marshall, do oscarizado "Chicago". Daniel Day-Lewis interpreta o diretor Guido Contini, preso em um bloqueio criativo enquanto luta para terminar um filme, ao mesmo tempo que lida com os fantasmas de todas as mulheres de sua vida. O elenco estelar conta com Nicole Kidman, Penélope Cruz, Sophia Loren, Kate Hudson, Marion Cotillard, Judi Dench e Fergie, do Black Eyed Peas. Espere por mais de uma dezena de indicações.

  • "The Soloist"

A história de superação de "The Soloist" parece ter sido feita sob medida para os votantes da Academia de Hollywood. O filme mostra a jornada de Nathaniel Ayers (Jamie Foxx), garoto prodígio que, após ser admitido na prestigiada Juilliard School, desenvolve esquizofrenia e se afasta da sociedade. Acaba morando nas ruas de Los Angeles, onde toca violino e violoncelo para sobreviver. O jornalista Steve Lopez, interpretado por Robert Downey Jr, encontra o músico e escreve sobre ele para o jornal Los Angeles Times. A história real foi dirigida por Joe Wright ("Desejo e Reparação", "Orgulho e Preconceito") e adaptada para o cinema por Susannah Grant, indicada ao Oscar por "Erin Brocrovich". Pode garantir ao menos uma indicação de melhor ator a Foxx, que já ganhou o prêmio por "Ray".

  • "Taking Woodstock"

Retorno de Ang Lee a Hollywood após realizar o chinês "Desejo e Perigo", "Taking Woodstock" marca uma mudança de gênero para o diretor, já que é o mais próximo que ele já fez de uma comédia. No ano em que se comemoram 40 anos de Woodstock, o filme mostra a história real de Elliot Tiber, responsável por levar o lendário festival de rock a uma fazenda da cidade de Bethel, no estado de Nova York. O roteiro ficou a cargo de James Schamus, indicado ao Oscar por "O Segredo de Brokeback Mountain". O filme é protagonizado pelo comediante Demetri Martin, Emile Hirsch, Liev Schreiber e pela inglesa Imelda Staunton.

  • "The Human Factor"

Segunda incursão de Clint Eastwood pelo continente africano (a primeira foi "Coração de Caçador", de 1990), "The Human Factor" é o 30º trabalho do incansável diretor. O filme retrata a tentativa em 1995 do presidente da África do Sul, Nelson Mandela, de utilizar a Copa de Mundo de rúgbi para unir os jogadores do país e afugentar o fantasma do apartheid. O roteiro é inspirado no livro "Playing the Enemy", de John Curlin. Morgan Freeman interpreta Mandela e Matt Damon, o capitão do time. A equipe realiza agora as filmagens na Cidade do Cabo e a estreia está prevista para dezembro, a tempo da consideração dos votantes da Academia de Hollywood.

  • "Shutter Island"

Veterano do Oscar, Martin Scorsese finalmente conseguiu levar a estatueta dourada para casa com "Os Infiltrados". Depois disso, dirigiu o elogiado documentário dos Rolling Stones, "Shine a Light", e agora volta à carga com outro thriller. Em "Shutter Island", os xerifes Teddy Daniels (Leonardo DiCaprio) e Chuck Aule (Mark Ruffalo) vão à Ilha Shutter procurar uma assassina que desapareceu misteriosamente do Hospital Psiquiátrico Ashecliffe. O roteiro é inspirado em "Paciente 67", terceiro livro do escritor Dennis Lehane adaptado para o cinema, depois de "Sobre Meninos e Lobos" e "Medo da Verdade". Ainda no elenco, Ben Kingsley, Michelle Williams, Max von Sydow, Emily Mortimer e Patricia Clarkson.

  • "Amelia"

Hilary Swank tem tudo para disputar (e ganhar) pela terceira vez o Oscar de melhor atriz com "Amelia", cinebiografia da lendária piloto norte-americana Amelia Earhart, primeira mulher a sobrevoar sozinha o Atlântico. O filme cobre a ascensão de Amelia à fama e seu conturbado casamento com George P. Putnam (Richard Gere). Em 1937, Amelia desapareceu no Oceano Pacífico, quando tentava dar a volta ao mundo. Ainda no elenco, Ewan McGregor e Virginia Madsen. A direção ficou a cargo da indiana Mira Nair ("Kama Sutra", "Um Casamento à Indiana", "Feira das Vaidades").

  • "Los Abrazos Rotos"

Bem quisto pela Academia, Pedro Almodóvar tem tudo para emplacar mais um filme no Oscar. Estrelado por Penélope Cruz, musa do diretor espanhol, e Blanca Portillo, "Los Abrazos Rotos" conta a história de Mateo Blanco (Lluís Homar), pseudônimo de um conhecido escritor e cineasta que, depois de um acidente de carro, perde a visão e a mulher que amava. Com clima noir, o longa-metragem reverencia clássicos norte-americanos e até faz referências a filmes anteriores de Almodóvar, como "Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos" e "De Salto Alto". A produção acabou de estrear na Espanha e a recepção, até agora, tem sido positiva.

  • "The Informant"

Depois de ganhar o Oscar por "Traffic", em 2000, Steven Soderbergh se dividiu entre projetos autorais ("Solaris", "Bubble") e de puro entretenimento (a série "Onze Homens e um Segredo"). A inexplicável exclusão de "Che" dos indicados em 2009 deve ser contornada no próximo trabalho do diretor. "The Informant" é uma adaptação do livro "O Informante", de Kurt Eichenwald, já lançado no Brasil, sobre um rumoroso caso de cartel no início dos anos 1990. Irreconhecível, Matt Damon interpreta o vice-presidente de uma grande corporação que por três anos trabalha como informante do FBI. O roteiro é de Scott Z. Burns, responsável pela adaptação de "O Ultimato Bourne". Tendo em vista o sucesso do filme praticamente homônimo estrelado por Russell Crowe, "The Informant" pode se dar bem no Oscar.

Fique de olho!

  • "Where the Wild Things Are" , de Spike Jonze ("Adaptação", "Quero Ser John Malkovitch")
  • "Coco Avant Chanel" , biografia da estilista estrelada por Audrey Tatou ("Amelie Poulain")
  • "Biutiful" , de Alejandro González Iñárritu ("Babel"), com Javier Bardem
  • "The Tree of Life" , de Terrence Malick ("Além da Linha Vermelha"), com Brad Pitt e Sean Penn
  • "London River" , com Brenda Blethyn ("O Barato de Grace")
  • "Creation" , cinebiografia de Charles Darwin, com Paul Bettany e Jennifer Connelly

Leia mais sobre: Oscar , cinema

    Leia tudo sobre: cinemaoscar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG