Filme polonês encerra mostra competitiva do Festival de Berlim

Berlim, 13 fev (EFE).- O filme Tatarak, de Andrzej Wajda, fechou hoje a mostra competitiva do Festival de Berlim e deu início às apostas sobre qual produção levará o Urso de Ouro, uma disputa que tem como favoritos London River e The Messenger.

EFE |

A revista diária do festival, a "Screen", indica que o vencedor será "London River", de Rachid Bouchareb, mas que um forte concorrente é o longa-metragem de Oren Moverman.

São dois filmes fortes. O primeiro narra a história de pais que buscam os filhos dentre as vítimas dos atentados de Londres de 2005; já o segundo trata de uma dupla de oficiais mensageiros dos Estados Unidos que comunicam aos parentes sobre a morte de cada soldado no Iraque.

O festival foi marcado por fortes personagens femininos, com muitas divas em ação -Michelle Pfeiffer, Demi Moore, Renée Zellweger -, todas elas deslumbrantes e com interpretações impactantes.

O último filme, "Tatarak", apresentou outra grande atriz, Krystyna Janda, interpretando uma mulher madura apaixonada por um homem muito mais jovem, um dos temas recorrentes nesta edição do festival.

No ano passado, "Tropa de Elite", de José Padilha, ganhou o Urso de Ouro, mas este ano a América Latina não esteve muito representada no evento.

O uruguaio-argentino "Gigante", de Adrián Biniez, cativou por sua história simples de um segurança de supermercado apaixonado por uma empregada.

Já o hispânico-peruano "La teta asustada", de Claudia Llosa, deixou o festival sob o impacto do drama das milhares de mulheres violentadas nas décadas de guerra civil e terrorismo, nos anos 1980.

Ambos também têm possibilidades de ganhar o prêmio. EFE gc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG