Filme do brasileiro Heitor Dhalia será exibido no Festival de Cannes

PARIS ¿ O filme À Deriva, novo longa-metragem do cineasta brasileiro Heitor Dhalia (O Cheiro do Ralo, Nina), foi selecionado para a mostra paralela Um Certo Olhar, que faz parte da seleção oficial do Festival de Cannes 2009.

Redação com AFP |

Vincent Cassel em "À Deriva" / Divulgação

Filmado no litoral fluminense, o longa ¿ primeiro produzido pela O2 Filmes em parceria com a Focus Pictures, braço independente da Universal ¿ é estrelado pelos atores franceses Vincent Cassel ("Irreversível") e Camille Belle, além das brasileiras Deborah Bloch e Taís Araújo.

"Ter um filme selecionado em Cannes é ver um sonho se realizando. Há dois anos, estive lá justamente para anunciar o projeto de 'À Deriva". Quem é cinéfilo sabe o que essa notícia significa", declara Heitor Dhalia.

Sócio da O2 Filmes, o diretor Fernando Meirelles ressalta o apelo que o longa-metragem tem junto ao público feminino."Esse lindo filme (...) até agora já deve ter feito derramar uns cinco litros de lágrimas pela sua sensibilidade, mesmo tendo sido mostrado para tão pouca gente. As mulheres, especialmente, não conseguem resistir. Aqui vamos nós mais uma vez para Cannes, que apesar de parecer uma fábrica de malucos, é sempre ótima plataforma para lançar um filme."

A seleção oficial da 62ª edição da mostra de cinema, que será realizada de 13 a 24 de maio próximo, foi anunciada nesta quinta-feira pelos organizadores em uma coletiva de imprensa em Paris.

A disputa pela Palma de Ouro é encabeçada por cineastas celebrados e veteranos da sétima arte, como o francês Alain Resnais, de 86 anos, Pedro Almodóvar, Ang Lee, o dinamarquês Lars von Trier e Quentin Tarantino.

No total, 53 filmes de 23 países estão na seleção, 20 deles em competição pela Palma de Ouro, outros 20 na seção "Um Certo Olhar" e os demais fora de competição. A 62ª edição do festival será aberta em 13 de maio com a animação "Up", da Pixar, e terminará no dia 24 do mesmo mês com "Coco Chanel & Igor Stravinsky", de Jan Kounen.

Leia mais sobre: Festival de Cannes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG