Filme brasileiro triunfa no Festival de Milão

SÃO PAULO ¿ O filme Ainda Orangotangos, longa-metragem de estréia do diretor gaúcho Gustavo Spolidoro, conquistou o prêmio principal da 13ª edição do Festival de Cinema de Milão, entregue na noite de sábado (20), durante o encerramento da competição.

Redação |

Acordo Ortográfico

O júri escolheu o longa brasileiro "pela aposta estilística em um único plano-sequência de 81 minutos, brilhantemente resolvida, unindo vidas em fragmentos, algumas vezes angustiantes outras poderosas, em um fluxo visionário de tensões continuamente surpreendentes".

Letícia Bertagna e Roberto Oliveira em cena
de "Ainda Orangotangos" / Divulgação

Também participaram da mostra italiana, entre outros, "El Asesino entre Nosotros", de Daniel Benavides; "La Sangre Brota", de Pablo Fendrik; "Ballast", de Lance Hammer, conhecido por seus trabalhos com os irmãos Coen; o tcheco "Peace with Seals", de Miloslav Novak; e "Mermaid", da russa Anna Melikyan.

Atualmente em cartaz em São Paulo e Porto Alegre, "Ainda Orangotangos" é o primeiro filme nacional captado em um único plano-sequência, realizado após diversos ensaios nas ruas da capital gaúcha. A produção já foi exibida nos festivais de Roterdã, Toulouse, Munique e nos próximos meses deve competir em Santiago do Chile, Nova York e Oslo, na Noruega.

Leia mais sobre: Gustavo Spolidoro , cinema brasileiro

    Leia tudo sobre: cinema brasileirogustavo spolidoro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG