Milk traz Sean Penn como político homossexual - Brasil - iG" /

Filme Milk traz Sean Penn como político homossexual

Com seus primeiros filmes ( Drugstore Cowboy , de 1989, e Garotos de Programa , de 1991), o diretor Gus Van Sant levantou polêmicas e arrebatou um público que via em seus personagens uma realidade crua, dolorosa, mas necessária. Em seu novo longa, Milk - A Voz da Igualdade , que estreia hoje nos cinemas, Sant volta a tratar de um tema explosivo, e traz, com Sean Penn no papel de um político homossexual, uma história verídica que aconteceu nos Estados Unidos durante a década de 70.

Agência Estado |

O longa concorre a oito Oscars neste domingo, inclusive o de melhor filme, melhor ator para Sean Penn e melhor ator coadjuvante para Josh Brolin, que faz um idêntico Dan White. Sant se apoia na cinebiografia de Harvey Milk (1930-1978), político norte-americano que assumiu sua homossexualidade publicamente nos anos 70, interpretado por Penn. Milk foi o primeiro homossexual assumido a ser eleito a um cargo público nos Estados Unidos.

No ano seguinte, porém, foi assassinado por Dan White (interpretado por Josh Brolin depois de Matt Damon desistir do papel), um de seus concorrentes políticos. Sant já vinha tentando rodar a vida de Milk desde o início dos anos 90 - na época, para o papel de Harvey Milk, havia pensado em nomes como Robin Williams, Richard Gere, Daniel Day-Lewis e James Woods.

Diferentemente do que aconteceu em Últimos Dias (filme baseado nos últimos dias do líder do Nirvana, Kurt Cobain), Sant decidiu fazer deste documento um longa linear, respeitando, agora, a importância de um dos personagens mais importantes para a comunidade gay nos Estados Unidos. As informações são do Jornal da Tarde .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG