Filhote de onça negra é atração em zoológico peruano

Um filhote de onça negra, um felino que corre risco de extinção, nascido em cativeiro em um zoológico peruano, virou atração para as crianças que participam do concurso para escolher seu nome, informaram autoridades do Parque Zoológico de Huachipa.

AFP |

A pequena onça melanística (cor negra pouco comum nos membros de sua espécie), de dois meses, está sendo cuidada por veterinários, desde que sua mãe Yuri Blaky perdeu o interesse em alimentá-la, após seu nascimento em março.

O filhote pesa, atualmente, 3,4 quilos e mede cerca de 30 centímetros. Hoje, é a grande atração desse zoológico, que busca preservar os animais em cativeiro e em risco de extinção, disse à AFP a chefe da assessoria de imprensa da instituição, Adriana Garrido.

Segundo ela, é raro encontrar uma onça negra, motivo pelo qual os especialistas iniciaram um programa para cuidar do filhote.

Quando adultos, esses animais chegam a pesar entre 130 quilos e 160 quilos e a medir de 1,10 metro a 1,90 metro. São os maiores felinos da América e o único representante do gênero Panthera encontrado no continente. Habitam as selvas tropicais.

rc/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG