Filho do governador de RO é preso em operação da PF

O filho do governador de Rondônia, Ivo Cassol (PPS), Ivo Cassol Júnior e um sobrinho do governador, Alessandro Cassol, foram presos hoje em uma operação da Polícia Federal (PF), com apoio do Ministério Público, cujo objetivo era desarticular uma organização criminosa instalada no cais do porto de Vitória, em Vila Velha, especializada na importação subfaturada de veículos de luxo. A operação, batizada Titanic, tinha a cumprir 54 mandatos de apreensão e 20 de prisão.

Agência Estado |

Segundo a PF, a investigação, iniciada há um ano, revelou a participação de servidores públicos, empresas exportadoras sediadas no Canadá e Estados Unidos, uma empresa importadora do Espírito Santo, despachantes e intermediários. Em dois anos, foram importados mais de R$ 21 milhões em carros de alto luxo. Apenas em 2007, aproximadamente 190 veículos chegaram ao Brasil de forma fraudulenta. Estima-se em mais de R$ 7 milhões o prejuízo com a falta de pagamento dos tributos, sem considerar o acréscimo de multa e juros. Entre os modelos importados há marcas como Ferrari, Lamborghini, Porsche, Nissan Infiniti, entre outros. Houve também importação fraudulenta de mais de 50 motos de luxo.

Foram mobilizados 160 policiais federais e 8 auditores da Receita Federal para cumprir 54 mandados de busca e apreensão e cerca de 20 mandados de prisão nos Estados do Espírito Santo, Rondônia, São Paulo e Minas Gerais. Os presos responderão por evasão de divisas, crime contra a ordem tributária e contra o sistema financeiro nacional, falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva, entre outros. Se condenados, os responsáveis podem pegar mais de 30 anos de prisão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG