cara de pau - Brasil - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Filha de Roriz chama deputada de cara de pau

A deputada Eurides Brito (PMDB) voltou a dizer, nesta tarde, no plenário da Câmara Legislativa, que não renunciará ao mandato para fugir da possibilidade de perder os direitos políticos - como fizeram os colegas Júnior Brunelli (PSC) e Leonardo Prudente (ex-DEM). Após Eurides deixar a tribuna, a deputada Jaqueline Roriz (PMN), filha do ex-governador Joaquim Roriz (PSC), pediu a palavra e disse que a colega era uma grande cara de pau.

Agência Estado |

Na semana passada, a Comissão de Ética da Câmara abriu processo disciplinar contra os três acusados de serem beneficiários do esquema de corrupção, conhecido como "mensalão do DEM", do qual o governador afastado, José Roberto Arruda (ex-DEM), seria o mentor.

Em nota, divulgada neste fim de semana, Eurides afirma que o dinheiro que recebe em vídeo anexado ao inquérito da Operação Caixa de Pandora, divulgado pela imprensa, era do ex-governador Joaquim Roriz, de quem era aliada. O dinheiro seria o pagamento de festas de campanha promovidas pela deputada para a eleição dela e do então candidato ao Senado, Roriz.

"Ela é uma grande de uma cara de pau. O ano que ela perdeu a eleição, foi o ano que não teve o apoio dele Roriz", disse Jaqueline, em plenário. "Esquece ela que já trabalhava na campanha de José Roberto Arruda e não de Roriz. As imagens falam por si. É bom que ela esclareça os vídeos, pois achar outro bode expiatório é muita falta de caráter", completou.

Eurides Brito não voltou ao plenário para responder às ofensas.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG