FILE comemora 10 anos e traz para São Paulo mais de 300 artistas de 30 países

SÃO PAULO ¿ Começa nesta terça-feira (28), em São Paulo, a 10º edição do FILE ¿ Festival Internacional de Linguagem Eletrônica. O evento, considerado o mais importante na área de arte e tecnologia da América Latina, reúne até o dia 30 de agosto mais de 300 artistas, de 30 nacionalidades, na Galeria de Arte, Teatro e Mezanino do Centro Cultural Sesi/Fiesp, na Avenida Paulista;

Renata Honorato |

O festival, que comemora seus 10 anos, é o principal responsável por inserir o Brasil no cenário mundial da mídia arte e traz, anualmente, grandes nomes nacionais e internacionais que vêm produzindo e repensando a arte digital.

Entre os artistas desta edição, estão grupos, coletivos e até mesmo acadêmicos, especialistas nesse novo contexto de convergência de linguagens. É o caso, por exemplo, do russo Lev Manovich, referência entre os teóricos da área de novas mídias digitais. Manovich, que já esteve no Brasil em outra edição do FILE, volta ao País para ministrar um workshop sobre "Analítica Cultural", seu mais novo conceito de análise na área da arquitetura, literatura, fotografia e cinema.

Divulgação

"Protomembrana", de Marcel.lí Antúnez Roca

Outro importante destaque desta edição de 10 anos do festival é a participação do artista espanhol Marcel.lí Antúnez Roca. Reconhecido mundialmente por suas performances mecatrônicas e instalações robóticas, Roca apresentará o trabalho pluralista Protomembrana, que utiliza narração verbal, animação gráfica, música e iluminação.

O FILE 2009 também será marcado por outro acontecimento de peso. Depois de mais de um ano de pesquisas, um grupo de especialistas transmitirá, pela primeira vez na história, um filme de super alta definição ¿ resolução de, aproximadamente, 8 milhões de pixels ¿ para Brasil, Japão e Estados Unidos simultaneamente. O longa "Enquanto a Noite Não Chega", dirigido por Beto Souza, foi produzido especialmente no formato 4KT (super alta definição) e aborda como tema central o fim da vida, segundo o livro de Josué Guimarães, de mesmo nome.

Segundo Paula Perissinotto, organizadora do FILE 2009, esta edição do festival terá um conteúdo bastante extenso e diversificado. O Brasil não será representado somente na exibição do primeiro longa 4KT; o País também marca presença entre os artistas que mostrarão seus trabalhos ao longo do evento, como é o caso da Giselle Beilgueman e da Graziele Lautenschlaeger.

Embora tenha se notado maior participação brasileira no FILE ao longo de seus 10 anos de existência, o número de artistas nacionais ainda é bem menor do que a quantidade de representantes de outros países. O motivo para tal fenômeno é claro para a organizadora: "Temos algumas pessoas produzindo, mas não temos gente pensando em arte e tecnologia. Falta formação acadêmica no Brasil. Essa é a nossa maior lacuna", conclui Paula. Ela ainda completa: "É preciso que exista produção e pesquisa. Ainda temos muito que amadurecer".

Divulgação

"Design evolucionário", de Luciano Silva

O FILE, tradicionalmente, chama a atenção dos entusiastas por tecnologia, entretanto, ainda de acordo com a organização, o público que frequenta o festival anualmente é bastante diversificado. "Durante os finais de semana passam pelo evento famílias, artistas, pessoas de todas as idades, além daqueles que procuram inovação e tecnologia de ponta", explica Paula Perissinotto.

"Quem visita o FILE não precisa de uma bagagem específica para montar um repertório, como acontece em uma exposição de arte contemporânea. A relação entre o visitante e os trabalhos é de participação e de contribuição de um novo sentimento", conta a organizadora. "Alguma coisa sempre acontece no FILE", finaliza.

A expectativa dos organizadores é que cerca de 40 mil pessoas passem pelo festival até o seu encerramento, que acontece no dia 30 de agosto. A entrada é gratuita. 

Serviço

FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (exposição)
Centro Cultural Fiesp - Ruth Cardoso (Av. Paulista,  1313 ¿ Metrô Trianon-Masp)
Datas e horários: de 28 de julho a 30 de agosto de 2009 - de terça-feira a sábado, das 10h às 20h, às segundas-feiras, das 11h às 20h, e aos domingos, das 10h às 19h
Informações: (11) 3146-7405 / 3146-7406
Agendamento de grupos: de segunda-feira a sexta-feira, das 10 às 13h, e das 14 às 17h, pelo telefone 3146-7396 / falar com Leni
Entrada franca

FILE ¿ Hipersônica
Teatro do SESI ¿ São Paulo
Endereço: Av. Paulista, 1313
Datas e horários: de 28 a 31 de julho, às 19h
Recomendação etária: não recomendado para menores de 12 anos
Retirar convite no dia a partir das 12h na bilheteria do teatro

FILE ¿ Symposium
Local: Mezanino do Centro Cultural Fiesp - Ruth Cardoso - Av. Paulista, 1313
Datas e horários: de 28 a 31 de julho, das 14h às 18h30.
Recomendação etária: livre
Inscrições online no site

FILE ¿ WORKSHOP

Local: Mezanino do Centro Cultural Fiesp - Ruth Cardoso
Datas e horários: de 28 a 30 de julho, das 9h às 13h
Recomendação etária: livre
Inscrições online no site

Leia mais sobre: FILE

    Leia tudo sobre: artearte contemporâneafile 2009

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG