O líder cubano Fidel Castro descansou primeiro para poder receber esta semana com seu amigo, o escritor colombiano Gabriel García Márquez, com quem converesou durante cinco horas, contou o ex-chefe de Estado da ilha em um novo artigo publicado na imprensa oficial.

"Passei as horas mais agradáveis desde que fiquei doente há dois anos", afirmou Fidel, que almoçou com García Márquez e sua esposa Mercedes.

"Eles comeram pratos normais e eu, da minha parte, cumpri com minha dieta disciplinadamente", comentou ainda em seu artigo.

cb/mis/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.