FHC: PSDB ainda precisa encontrar estratégia para 2010

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou hoje ser necessário que o PSDB, neste momento, tenha o foco voltado para a busca de uma estratégia vencedora na composição da chapa que concorrerá nas eleições presidenciais de 2010. É hora de estar olhando para uma coisa: como é que se pode ganhar a eleição e quais são as melhores condições para ganhar.

Agência Estado |

Esta é minha posição. Neste momento, ainda não se sabe qual é a condição para ganhar", afirmou ele, em Nova York, nos Estados Unidos.

De acordo com o tucano, "o saudável para o PSDB é chegar a uma unidade de vistas, seja de chapa única, seja com um dos dois candidatos, seja uma aliança com outros". "Acho que o importante é que possamos convergir", disse. Porém, ele afirmou que uma aliança com outros partidos "depende das circunstâncias". "É muito cedo para isso, nós vamos ver só no ano que vem."

FHC reiterou que o partido ainda tem dois pré-candidatos, o governador de São Paulo, José Serra, e o governador de Minas Gerais, Aécio Neves. "Ambos têm condições de ser candidatos, o que nós precisamos é ver como é que isso vai evoluir de modo a ter o apoio de todos. Qualquer solução é boa, desde que tenha suporte das várias correntes do partido e da opinião pública", avaliou. "Se não houver convergência anterior à prévia, faz-se a prévia. Se isso vai resultar em uma chapa puro-sangue ou aliança, também depende das circunstâncias."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG