Festival vai exibir 30 filmes brasileiros na Polônia

Um novo mercado se abre hoje para o cinema brasileiro - cerca de 30 filmes nacionais (entre longas e curtas) fazem parte do 1º Festival de Cinema Brasileiro na Polônia, que ocorre na cidade de Wroclaw até o dia 27. Constam desde títulos clássicos, como São Paulo S/A , passando pelo marco da chamada retomada, com Carlota Joaquina , até o recente e delicado Mutum .

Agência Estado |

Com curadoria de Luiz Carlos Merten, crítico do jornal O Estado de S. Paulo , o festival preocupa-se em apresentar um retrato "da diversidade da produção nacional, além de oferecer um retrato das tendências do nosso cinema hoje". A intenção, no entanto, não é apenas exibir um panorama das novas tendências cinematográficas - responsável pela organização do festival, a Urszula Groska Produções aproximou as duas entidades responsáveis pela cinematografia dos dois países (Ancine e Polish Film Institute) e iniciou um projeto de co-produção audiovisual entre Brasil e Polônia, já iniciado com a distribuição confirmada de filmes nacionais em telas polonesas.

O show de abertura do festival, hoje, será realizado pelo compositor e escritor José Miguel Wisnik. No espetáculo, ele vai apresentar canções de sua autoria, que transitam entre gêneros da música popular brasileira e do regionalismo nacional. E o patrono do festival é Krzystof Zanussi, um dos maiores e mais conhecidos diretores do cinema polonês, que faturou diversos prêmios, como o Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza de 1984, com O Ano do Sol Tranqüilo . As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG