Festival Tribeca do Catar quer criar centro regional de cinema

Por Tamara Walid DUBAI (Reuters) - O Festival de Filmes Tribeca de Doha, primeiro evento cinematográfico do Catar, informou nesta segunda-feira que quer criar um centro para cineastas regionais no país árabe, através de iniciativas de educação e envolvimento comunitário.

Reuters |

O Festival Tribeca, de Nova York, foi criado pelo ator Robert De Niro após os ataques de 11 de setembro, e o Catar é o primeiro local a hospedar o evento fora de seu país natal.

O festival, que começa em 29 de outubro, apresentará cerca de 30 filmes, dos quais oitenta por cento são do Oriente Médio, disse à Reuters pelo telefone Amanda Palmer, diretora-executiva do festival.

"Nós queremos criar um centro onde cineastas possam ficar", ela disse acrescentando: "Nós também sabemos que há níveis muito diferentes na capacidade de filmagem no momento."

Ainda que haja uma enorme quantidade de talentos locais no Catar e na região que estão interessados em fazer filmes, é necessário educá-los, disse Palmer.

"Há também os que já são cineastas, então nós precisamos fornecer a eles um alto nível de comprometimento e educação, oficinas, desenvolvimento da escrita de roteiro, rede de produtor-investidor e distribuição", acrescentou.

Os Emirados Árabes Unidos tornaram-se um lugar para cineastas iniciantes na região para mostrar suas criações, com Hollywood, Bollywood e as estrelas do cinema árabe chegando em seus festivais de filmes anuais em Dubai e Abu Dhabi.

Dubai também criou uma zona livre para instituição de filmes e empresas de produção para estabelecer um escritório.

O Catar até agora somente hospedou o Festival de Documentários da Al Jazeera, mas o país pretende se transformar em uma capital cultural da região.

No ano passado, o Catar abriu um dos maiores museus de arte islâmica na região, mostrando ilustrações datadas dos séculos 7 ao 19.

Palmer disse que o Festival de Tribeca de Doha será diferente de seus festivais regionais.

"Nós não queremos ser outro festival de filmes de competição. Abu Dhabi e Dubai estão baseados no modelo de um fetsival internacional de filmes como Cannes, Veneza e Berlim", ela disse.

O festival verá grande comprometimento da população local, pois pretende ser "propenso à comunidade", acrescentou Palmer.

O festival de Nova York foi criado como uma maneira de rejuvenescer a baixa Manhattan após os atentados de 11 de setembro de 2001, e se tornou uma mostra de filmes internacionais.

(Por Jason Benham)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG