Festival no Peru começa hoje com 5 filmes brasileiros

Quatro longas-metragens de ficção e um documental representam o Brasil no Festival de Cinema de Lima, no Peru, que se inicia hoje e vai até o dia 15. Dos filmes de ficção, três são bem conhecidos do público, e um praticamente inédito, Ainda Orangotangos , de Gustavo Spolidoro.

Agência Estado |

Dos outros, Tropa de Elite , grande sucesso e vencedor do Urso de Ouro em Berlim, faz-se acompanhar de Mutum , de Sandra Kogut, e Cão Sem Dono , de Beto Brant. O único documentário é uma rara unanimidade nacional: Jogo de Cena , de Eduardo Coutinho. O Brasil compete com filmes de vários países latino-americanos como Argentina, Chile, Colômbia, Cuba, México, Venezuela, Uruguai e o próprio Peru.

Além das mostras competitivas, há as seções informativas, com um elenco de filmes que visa a dar ao público panorama tão amplo como possível do atual cinema latino-americano. O gigantismo do festival lembra o do seu provável modelo - o Festival del Nuevo Cine Latino-Americano, de Havana, o mais tradicional em seu gênero. Como acontece na mostra cubana, também na limenha se elege um país a ser homenageado, e o desta 12 ª edição é a Alemanha. Na mostra germânica, 14 filmes recentes, entre eles Do Outro Lado , de Fatih Akin, que já estreou no circuito comercial brasileiro, e uma versão integral do gigantesco Berlim Alexanderplatz, que Rainer Werner Fassbinder adaptou do romance homônimo de Alfred Döblin e tem 16 horas de duração.

Mas o homenageado principal é mesmo da terra, embora viva há muitos anos na Europa - trata-se do escritor Mario Vargas Llosa, que também assume a presidência do júri de ficção. Llosa é uma glória nacional e viajou antes ao Peru. Participou da Feira Literária de Lima e autografou o livro Las Guerras de Este Mundo , uma série de ensaios sobre a sua obra, que ele qualificou como um "monumento à amizade". Os textos analíticos sobre sua trajetória literária são assinados por escritores como Alonso Cueto, Antonio Tabucchi, José Oviedo e a brasileira Nélida Piñon. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG