Festival inédito reúne gerações de guitarristas em SP

Um encontro de diversas gerações de guitarristas vai agitar o bar Ao Vivo Music, em São Paulo, de hoje até sábado. O local abriga o 1º Festival História da Guitarra, que reunirá brasileiros consagrados no instrumento, como Heraldo do Monte, Hélio Delmiro, Faíska, Michel Leme e Olmir Stocker.

Agência Estado |

O idealizador do evento é o guitarrista Marcelo Jesuíno, diretor artístico da casa. "Percebi que alguns nomes que iniciaram a história da guitarra no Brasil ainda estão vivos e mereciam ser homenageados. Conversei com um amigo meu e resolvemos uni-los aos músicos de hoje. É um encontro de gerações da guitarra", explica Jesuíno.

Serão dois shows por noite, sempre às 21h. O primeiro a se apresentar é o violonista, guitarrista, arranjador e compositor Conrado Paulino, que já acompanhou artistas como Rosa Passos, Alaíde Costa, Johnny Alf, Zimbo Trio e Paulinho Nogueira. A outra atração fica a cargo de Olmir Stocker. O multiinstrumentista, conhecido como Alemão, começou a trabalhar com a turma da Jovem Guarda. Depois juntou-se ao saxofonista Casé e a Hermeto Pascoal na banda Brasilian Octopus.

Amanhã, quem abre o evento é Duca Belintani. Há 23 anos atuando como músico e professor, acabou de lançar o disco solo Conduzir, em que mistura jazz, blues, samba e rock. Depois, é a vez do guitarrista Faíska, que toca desde os 17 anos e já acompanhou gente de alto calibre como Fagner, Ney Matogrosso e Rita Lee. Na sexta-feira, Michel Leme faz a abertura. Na mesma noite, Heraldo do Monte mostra o seu som. A 'lenda' nacional da guitarra tocou ao lado de Walter Wanderley, Dick Farney e Dolores Duran, além de integrar a Orquestra da TV Tupi. Gravou também com Elis Regina, Quinteto Violado, Zimbo Trio, entre outros.

Para fechar o festival, Edu Letti faz a abertura do show de Hélio Delmiro. Com 42 anos de carreira, Delmiro é um dos músicos mais requisitados pelos principais nomes da MPB. Já tocou em diversos festivais de jazz na Europa, o que resultou no convite para gravar com Sarah Vaughan o disco Som Brasileiro. Ainda participou de shows e discos de Milton Nascimento, Beto Guedes e Wagner Tiso. Apresenta standards do jazz e temas de Tom Jobim. As informações são do Jornal da Tarde

1º Festival História da Guitarra . De hoje até sábado, sempre às 21h, no Bar Ao Vivo Music. Rua Inhambu, 229, em Moema, São Paulo. Preços: De R$ 25 a R$ 35. Informações: (011) 5052-0072 ou www.aovivomusic.com.br.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG