Festival de Cannes começa nesta quarta-feira com brasileiros na disputa

O mundo do cinema se prepara para o início, nesta quarta-feira (14), da 41ª edição do Festival de Cannes, o mais importante evento da sétima arte no planeta. Invadida por profissionais do audiovisual, jornalistas e turistas ansiosos por flagrar os astros que prestigiam as glamurosas sessões de estréia, a cidade da Riviera francesa será palco para a disputa da concorrida Palma de Ouro, o grande prêmio do festival, além de centenas de exibições de documentários, curtas e longas-metragens nas mostras paralelas, que se estendem até o dia 25. O iG vai fazer a cobertura em tempo real do evento, a partir desta quarta-feira.

Da Redação do Último Segundo |

Neste ano, o grande destaque para os brasileiros é a participação do país na disputa principal, pela primeira vez desde 2004, quando Diários de Motocicleta, de Walter Salles, foi selecionado. Salles concorre novamente nesta edição, desta vez com Linha de Passe, dirigido também por Daniela Thomas. A surpresa ficou por conta da participação de Blindness - Ensaio sobre a Cegueira, de Fernando Meirelles, adaptação da obra de José Saramago, que não só foi confirmado posteriormente na sessão de abertura, como também quebrou o protocolo dos festivais ao ser incluído entre os filmes em competição.

Até hoje, apenas um filme brasileiro ganhou a Palma de Ouro ¿ O Pagador de Promessas, de Anselmo Duarte, recebeu o prêmio em 1962. Sem contar a vitória de Orfeu Negro, que, apesar de elenco e música brasileira, tinha equipe e diretor francês, depois disso foram poucas as vezes em que o país figurou entre os ganhadores do festival. Uma delas foi com Glauber Rocha, eleito melhor diretor em 1969 por O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro, assim como Fernanda Torres, melhor atriz em 1986 por Eu Sei que Vou Te Amar, de Arnaldo Jabor.

A torcida pelo Brasil neste ano continua na mostra paralela Um Certo Olhar (A Certain Regard), dedicada a filmes de diretores estreantes. É o caso de "A Festa da Menina Morta", estréia na direção do ator Matheus Nachtergaele, e "Afterschool", primeiro longa do brasileiro-americano Antonio Campos. O documentário O Mistério do Samba, por sua vez, que conta com a participação de Marisa Monte para narrar o cotidiano da Velha Guarda da Portela, encerrará a mostra Cinéma de la Plage.

Com presença cativa em Cannes, os curtas-metragens brasileiros terão quatro representantes nesta edição. "Areia", de Caetano Gotardo, e "A espera", de Fernanda Teixeira, estão na lista de filmes da 47ª Semana Internacional da Crítica, que será realizada entre 15 e 23 de maio, e que premiou no ano passado Um Ramo, dos paulistas Juliana Rojas e Marco Dutra. Já o curta "Muro", do pernambucano Tião, foi selecionado para a mostra Quinzena dos Realizadores. O quarto e último curta brasileiro é "O som e o resto", de André Lavaquial e Rodrigo Rueda Terrazas, que estará na mostra Cinéfondation.

Panda e Indiana Jones

Grandes nomes do cinema contemporâneo vão disputar a Palma de Ouro 2008, de um total de 22 indicados. Clint Eastwood concorre com suspense A Troca (The Changeling), estrelado por Angelina Jolie, o alemão Wim Wenders participa com A Filmagem em Palermo (The Palermo Shooting), enquanto Steven Soderbergh mostra seu retrato do revolucionário Che Guevara em Che, inclusive com Rodrigo Santoro no elenco.

Além do Brasil, a América Latina estará representada por dois filmes argentinos. A celebrada Lucrecia Martel, de O Pântano e A Menina Santa, apresenta seu novo longa, A Mulher Sem Cabeça (La Mujer Sin Cabeza). Pablo Trapero, por sua vez, de O Outro Lado da Lei e A Família Rodante, faz a estréia de Leonera.

Apesar da disputa pelo prêmio principal, Cannes também é conhecida por abrigar as primeiras exibições de grandes produções hollywoodianas ou obras de cineastas consagrados. Neste ano, os destaques devem ser as sessões de Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, a volta de Steven Spielberg às aventuras do arqueólogo desbravador; Kung Fu Panda, comédia em animação do estúdio Dreamworks; e Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen, estrelado por Penélope Cruz e Scarlett Johansson.

Leia também:


Leia mais sobre: Festival de Cannes

    Leia tudo sobre: festival de cannes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG