SÃO PAULO ¿ No aniversário de 40 anos do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, os homenageados, ao invés do próprio evento, são a França e o compositor Heitor Villa-Lobos. De 04 a 26 de julho, 45 concertos serão realizados na cidade da Serra paulista, a maioria a preços populares ou com entrada franca, na praça principal. A programação do maior encontro de música clássica da América Latina foi apresentada nesta segunda-feira (18) na Sala São Paulo pelo secretário estadual da Cultura, João Sayad, e pelo maestro Roberto Minczuk, que há cinco anos assina a direção artística do festival.

Divulgação/Rachel Guedes

Orquestra Acadêmica do festival fará concerto de encerramento na Sala São Paulo

A homenagem à França, além de prever um diálogo intenso com peças de compositores como Debussy, Ravel, Bizet e Satie, conta com a ampla presença de professores do Conservatório de Paris, que ministrarão oficinas aos alunos do projeto pedagógico e farão concertos. O foco desta edição, como foi desde o início, é privilegiar de forma mais ampla a formação de nossos alunos, que integram a Orquestra Acadêmica de nosso festival. Eles são a seleção juvenil de nossos maiores talentos da música erudita no País, afirmou Minczuk.

Aliada ao Ano da França no Brasil também está a comemoração do cinqüentenário da morte de Heitor Villa-Lobos, que será lembrado tanto com música de câmara quanto através de poemas sinfônicos. Villa-Lobos tem uma ligação muito forte com a França, pois foi lá que ele registrou e compôs muitas de suas obras, lembrou o maestro.

Estão confirmados concertos da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), Filarmônica de Minas Gerais, Jazz Sinfônica, e de músicos como os pianistas Nelson Freire, Michel Dalberto, Cristina Ortiz, François-Fréderic Guy, o violencelista Marc Coppey, os violinistas Yang Liu, Shlomo Mintz e o violonista Yamandú Costa. Uma das atrações mais esperadas, de acordo com Minczuk, é o Le Poème Harmonique, grupo francês de música antiga formado por cantores e instrumentistas que fará uma apresentação à luz de velas na noite de 25 de julho, no Auditório Cláudio Santoro.

O espetáculo de encerramento será realizado na Sala São Paulo com apresentação da Orquesta Acadêmica e do solista francês Michel Dalberto. Na ocasião, será lançado o livro que traz a público a trajetória de 40 anos do festival, reunindo depoimentos, fotos e histórias curiosas colhidas ao longo de quatro décadas de muita música em Campos do Jordão.

O orçamento deste ano é idêntico ao da edição anterior (R$ 5 milhões) e pela primeira a organização Santa Marcelina Cultura esta à frente do evento ¿ até então, a responsabilidade ficava a cargo do Conservatório Tom Jobim, que hoje é administratado pela Santa Marcelina.

Para Sayad, uma das grandes vitórias deste ano é o aumento da participação da população carente de Campos do Jordão, onde há uma grande parcela abaixo da linha da pobreza. Com ajuda da prefeitura, conseguimos incrementar significativamente a atuação do Projeto Guri na cidade. Está prevista a participação de cerca de 300 alunos da rede de ensino local, contabilizou o secretário.

Os ingressos para a 40ª edição do Festival de Inverno de Campos do Jordão custam entre R$ 20 e R$ 80 e começam a ser vendidos a partir de 20 de junho. A programação completa está disponível no site oficial do evento.

Serviço ¿ Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão
De 04 a 26 de julho de 2009
Ingressos disponíveis a partir de 22 de junho
Pontos de venda:
- Sala São Paulo: Praça Júlio Prestes, s/n. De segunda a sexta, das 10h às 18h. Tel: (11) 3221-3980
- Auditório Cláudio Santoro (Campos do Jordão): de segunda a sábado, das 10h às 18h e domingos, das 10h às 17h. Tel: (12) 3662-2334
- Loja do festival (Campos do Jordão, a partir de 3 de julho): diariamente das 10h às 19h e nas quintas, das 10h às 21h
- Ingresso Rápido: pela Internet ou pelo telefone (11) 2163-2000

Leia mais sobre: Festival de Inverno de Campos do Jordão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.