falso glamour - Brasil - iG" /

Festival cubano celebra cinema pobre contra falso glamour

HAVANA, 9 ABR (ANSA) - Um festival de Cinema Pobre será realizado em Cuba na próxima semana, com o objetivo de marcar a banalização e o falso glamour que, segundo os organizadores, as grandes transnacionais cinematográficas disseminam no setor.

Agência Ansa |

Humberto Solás, cineasta cubano ganhador de vários prêmios internacionais e atual presidente do comitê organizador do evento, disse hoje em Havana que 120 filmes de longa e curta-metragem serão projetados. As produções pertencem a mais de 20 países, entre eles o Brasil, outros países latino-americanos e há presença, até mesmo, de cineastas palestinos.

"[A edição de 2008] continuará mantendo, como nos anos anteriores, o espírito de um cinema libertário, que não faz concessões às grandes empresas cinematográficas e se converte, assim, em uma espécie de laboratório de cultura comunitária com a intervenção de diversas manifestações artísticas", disse Solás.

O programa do Festival do Cinema Pobre, que vai de 14 a 20 de abril, também contará com palestras e conferências especializadas sobre cinema e outros setores artísticos, como música contemporânea. (ANSA)

    Leia tudo sobre: cuba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG