Festival Back 2 Black celebra cultura africana no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO ¿ Gilberto Gil, o cantor senegalês Youssou NDour e a ativista moçambicana Graça Machel, esposa do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, são alguns dos convidados de destaque do festival Back 2 Black, que celebra a cultura africana entre esta sexta-feira e domingo no Rio de Janeiro.

EFE |

Reprodução

Gilberto Gil é uma das atrações

Nesta primeira edição do evento, apresentações de música e dança de artistas diversas partes do mundo, com destaque para brasileiros e africanos, e conferências sobre política e cultura terão a África como ponto em comum.

O festival começa com um debate entre o cantor, compositor e ativista irlandês Bob Geldof ¿ famoso por organizar os megafestivais beneficentes Live Aid (1985) e Live 8 (2005) ¿ e o artista sul-africano Breyten Breytenbach mediado pelo renomado escritor angolano José Eduardo Agualusa.

Gilberto Gil abre os shows do Back 2 Black a partir das 22h de hoje em um show acústico, seguido por uma apresentação de Youssou N'Dour, um dos intérpretes africanos mais famosos no mundo e vencedor de um prêmio Grammy em 2005 por seu álbum "Egypt".

Além de seus shows, Gil também estará no Back 2 Black para participar de uma das conferências. O ex-ministro da Cultura dividirá a última mesa de debates do evento com Graça Machel e a economista zambiana Dambisa Moyo para falar sobre o papel da África na construção do mundo.

Outro convidado ilustre do evento é o cineasta sul-africano Gavin Hood, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2005 por "Tsotsi" e diretor de "X-Men Origens: Wolverine". Ele, N'Dour e o rapper MV Bill falarão sobre cultura e desenvolvimento na conferência que abre a noite de sábado.

Os três dias de festival serão encerrados no domingo com um grande show em homenagem ao samba com apresentações de artistas de diferentes partes do mundo.

A célebre cantora cubana Omara Portuondo (que gravou um álbum com Maria Bethânia lançado em 2008), a beninense Angélique Kidjo e artistas brasileiros como Luiz Melodia, Dona Ivone Lara e Marina Lima, entre outros, dividirão o palco no encerramento sob o comando de Mart'nália.

Leia mais sobre: Back 2 Black

    Leia tudo sobre: cultura negragilberto gilnelson mandelaáfrica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG