RIO DE JANEIRO - O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona da Central do Brasil, no Rio de Janeiro, foi multado em R$ 150 mil pelo descumprimento da liminar concedida pela Justiça do Trabalho do Rio.

A decisão foi tomada no fim da tarde desta quinta-feira, após audiência de conciliação convocada pelo presidente do TRT/RJ, desembargador Aloysio Santos.

A liminar determinava que pelo menos 60% dos maquinistas trabalhassem em horários de maior movimento nos dias de paralisação da categoria, iniciada na última segunda-feira.

A Supervia, concessionária responsável pelo funcionamento de ramais de trens no Rio, acusou o sindicato de não cumprir com a determinação.

Leia também:

Leia mais sobre: greve dos ferroviários

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.