Ferroviários do Rio de Janeiro decidem manter greve

RIO DE JANEIRO - A SuperVia Concessionária de Transportes Ferroviários S/A informou, nesta quinta-feira, que os ferroviários do Rio de Janeiro decidiram manter a greve após reunião de tentativa de conciliação.

Redação |

Segundo a concessionária, durante audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), os grevistas exigiram a reintegração de 11 maquinistas demitidos para o retorno das atividades. No entanto, o TRT/RJ recomendou que fossem reintegrados apenas sete maquinistas. Assim, a paralisação entra em seu quarto dia.

A SuperVia ainda informa que, com a paralisação parcial, o sindicato continua descumprindo o percentual mínimo do efetivo de maquinistas, determinado pelo TRT. O não cumprimento da liminar pune o sindicato com uma multa diária de R$ 50 mil.

Por razões de segurança, nesse momento, a empresa decidiu suspender a circulação de trens nos ramais Belford Roxo e Saracuruna. Segundo a assessoria de imprensa, será concentrado os esforços nos ramais com maior circulação: Deodoro, Santa Cruz e Japeri.

Confira abaixo os intervalos dos trens:

Ramal Japeri
Linha Japeri: intervalos de 20 minutos
Linha Nova Iguaçu: intervalos de 40 minutos
Ramal Santa Cruz
Linha Santa Cruz: intervalos de 20 minutos
Ramal Deodoro
Linha Deodoro: intervalos de 40 minutos
Ramal Belford Roxo
Circulação suspensa
Ramal Saracuruna
Circulação suspensa

Passageiros relatam agressão em trem

Leia também:

Leia mais sobre: greve dos ferroviários

    Leia tudo sobre: grevegreve dos ferroviários

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG