O adolescente Bruno Ramon Pereira, de 15 anos, que caiu do brinquedo chamado kamikaze em um parque de diversões na cidade de Castro, no Paraná, teve morte cerebral decretada na tarde de ontem. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Bom Jesus, em Ponta Grossa (100 quilômetros de Curitiba), desde o domingo passado, data do acidente.

Segundo informações do hospital, os familiares foram notificados do estado do garoto e agora devem se reunir com a junta médica para avaliarem os próximos procedimentos.

Conforme o boletim médico, o adolescente sofreu politraumatismo grave, com fratura de crânio, fratura de ossos da face, fratura exposta de joelho e fêmur direito, traumatismo abdominal e feridas múltiplas no membro inferior esquerdo e região perineal. O acidente deixou 12 pessoas feridas, após o brinquedo se partir ao meio e cair. A festa fazia parte das comemorações dos 305 anos da cidade de Castro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.