Dois homens que trabalhavam na manutenção de um aparelho de ar condicionado no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, região central da cidade, ficaram feridos com gravidade, hoje, depois que o equipamento explodiu. De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital de Clínicas, onde eles estão sendo atendidos, um dos trabalhadores, de idade desconhecida, teve 60% do corpo queimado e está em estado grave.

O outro, de 39 anos, fraturou uma das pernas, teve queimaduras pelo corpo e está em estado estável.

Depois de socorrer os dois feridos, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros fizeram buscas nos escombros por outras eventuais vítimas, mas ninguém foi localizado e não há relatos de desaparecidos. De acordo com a administração do edifício, a explosão aconteceu em uma academia de ginástica, no mezanino do prédio. Seis carros de bombeiros foram até o local, mas todos já deixaram a região. A Alameda Santos chegou a ter um trecho bloqueado, porém o trânsito já foi liberado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.