Ferido em acidente com Camaro segue em estado grave

Homem de 55 anos que ficou com 90% do corpo queimado está na UTI do Hospital das Clínicas em São Paulo

AE |

selo

Edson Aparecido Domingues, o homem de 55 anos que ficou com 90% do corpo queimado após seu carro pegar fogo em uma colisão com o Camaro Coupé dirigido pelo estudante Felipe de Lorena Infante Arenzon, de 19 anos, continuava hoje internado em estado grave na UTI do Hospital das Clínicas.

Leia também: Engavetamento deixa cinco feridos na Freguesia do Ó

O estudante se envolveu em pelo menos três acidentes na sexta-feira (30). Na Avenida Inajar de Sousa, na zona norte de São Paulo, seu carro bateu contra a traseira de um Palio e em um utilitário Towner, onde estava Edson Domingues.

Ontem, Arenzon deixou o 72º Distrito Policial após pagar a fiança de R$ 245 mil estabelecida pelo Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo). Segundo seu advogado, João César Cáceres, a família do estudante teve de vender um imóvel para pagar a fiança . O valor foi determinado com base no preço do Camaro.

AE
Carro pega fogo após acidente na Freguesia do Ó, em São Paulo

    Leia tudo sobre: Camaroacidente em SPcorpo queimado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG