Homem de 55 anos que ficou com 90% do corpo queimado está na UTI do Hospital das Clínicas em São Paulo

selo

Edson Aparecido Domingues, o homem de 55 anos que ficou com 90% do corpo queimado após seu carro pegar fogo em uma colisão com o Camaro Coupé dirigido pelo estudante Felipe de Lorena Infante Arenzon, de 19 anos, continuava hoje internado em estado grave na UTI do Hospital das Clínicas.

Leia também: Engavetamento deixa cinco feridos na Freguesia do Ó

O estudante se envolveu em pelo menos três acidentes na sexta-feira (30). Na Avenida Inajar de Sousa, na zona norte de São Paulo, seu carro bateu contra a traseira de um Palio e em um utilitário Towner, onde estava Edson Domingues.

Ontem, Arenzon deixou o 72º Distrito Policial após pagar a fiança de R$ 245 mil estabelecida pelo Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo). Segundo seu advogado, João César Cáceres, a família do estudante teve de vender um imóvel para pagar a fiança . O valor foi determinado com base no preço do Camaro.

Carro pega fogo após acidente na Freguesia do Ó, em São Paulo
AE
Carro pega fogo após acidente na Freguesia do Ó, em São Paulo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.