Feira aquece debate sobre cota nacional na TV paga

O congresso anual que reúne a turma da TV paga, desta vez, não poderia acontecer em momento mais oportuno: vai de 11 a 13 de agosto a feira da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA), no Expo Transamérica, em São Paulo. Para o mesmo período está prevista a retomada, em outro Congresso, lá em Brasília, dos debates em torno da PL 29, Projeto de Lei que quer estabelecer cotas de produções nacionais e de publicidade nos canais pagos, sugestões rejeitadas pela ABTA em campanha pública.

Agência Estado |

Formalmente, não há, no programa da ABTA 2008, qualquer menção à PL 29, mas será impossível evitar que o tema venha à tona no Expo Transamérica. Basta dizer que o site da associação oferece um vídeo gravado por seu presidente, Alexandre Annenberg, explicando como a PL 29 afeta o setor. Na mesma página, um link expressa toda a oposição da ABTA à proposta: "Assista. Mobilize. Proteste! Visite o site www.liberdadenatv.com.br."

Oficialmente, o tema desta 16ª edição do evento é 'o mercado da inovação'. Chama atenção, na programação, o debate É Hora de Voltar os Olhos para a Classe C?, segmento do qual a TV paga parecia ter desistido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG