Federação Nacional de Jornalistas lança plano de previdência social para a categoria

SÃO PAULO - A Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) lançam na próxima quinta-feira, dia 28, em Belo Horizonte, o FenajPrev, um plano de previdência social para a classe dos jornalistas. Estarão presentes no evento o ministro da Previdência Social, José Pimentel, e o secretário da Previdência Complementar, Ricardo Pena.

Redação |

O presidente da Petros, Wagner Pinheiro, disse que a empresa se sente "muito honrada em administrar previdência complementar para esta importante categoria". O presidente da Fenaj, Sérgio Murilo, disse que o lançamento do plano mostra a evolução e o amadurecimento do sindicato da categoria dos jornalistas.

Ele disse que os sindicatos, além de se preocupar com suas razões primordiais, como melhores salários e condições de emprego, passaram a se envolver com "questões de importância para a cidadania, como a democratização da comunicação (...). Saúde e previdência, por exemplo, são, hoje, pauta de campanhas salariais da nossa categoria."

O presidente da Fenaj ressaltou que a entidade continua defendendo uma previdência pública universal e de qualidade, mas também tem preocupações referentes a maiores benefícios aos jornalistas e suas famílias. Murilo também disse que o processo de escolha da parceria envolveu critérios de "solidez e seriedade."

A Fenaj informa que já aderiram ao plano os sindicatos do Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Pernambuco, Espírito Santo, Goiás e Tocantins, que têm cerca de 18 mil filiados que podem aderir ao plano administrado pela Petros.

O lançamento do programa acontece no dia 28 de junho, às 18h, no Espaço Cultural do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, na avenida Álvares Cabral, nº 400, no centro de Belo Horizonte.


Leia mais sobre: previdência social

    Leia tudo sobre: previdênciaprevidência social

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG