Fazenda de narcotraficante interditada na BA é arrendada

A Fazenda Mariad, localizada em Juazeiro (BA), 508 quilômetros ao norte de Salvador, e sob interdição judicial desde agosto, quando seu proprietário, o narcotraficante colombiano Gustavo Durán Bautista, foi preso depois de ter sido flagrado com meia tonelada de cocaína no Uruguai, vai passar a ser administrada pela empresa norte-americana East West Unlimited LLC. A fazenda era usada como fachada em um esquema de envio de drogas para a Europa.

Agência Estado |

A East West venceu concorrência com outras duas empresas da área de fruticultura, ambas brasileiras, depois de análises de uma equipe técnica formada por representantes da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) de Juazeiro, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA).

Com a decisão, a empresa norte-americana passa a arrendar o espaço por cinco anos, prorrogáveis por mais cinco. Para isso, comprometeu-se a assumir as dívidas trabalhistas e tributárias da fazenda - orçadas em cerca de US$ 4,5 milhões - e a investir pelo menos US$ 1 milhão por ano nas instalações (mais que o dobro do oferecido pelas concorrentes).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG