Fãs prestam última homenagem a Michael Jackson em Hollywood

Los Angeles, 26 jun (EFE).- A estrela de Michael Jackson na Calçada da Fama de Hollywood foi objeto hoje da primeira homenagem oficial ao rei do pop em Los Angeles, um azulejo com o nome do cantor que já se transformou em um altar aos fãs do músico.

EFE |

Às 9h (13h de Brasília), a Câmara de Comércio de Hollywood, que gerencia a manutenção da calçada, depositava uma coroa de flores com o nome do cantor junto à sua estrela, onde, de madrugada, todo tipo de mensagens e lembranças começaram a chegar.

Os fãs de Michael, ainda abalados pela súbita morte do astro, foram chegando pouco a pouco ao local para homenagear o ídolo, apesar de terem sido superados em número pelos jornalistas reunidos ali para dar detalhes sobre o que acontecia.

"Estou incrivelmente triste e tinha que fazer algo", disse à Agência Efe Tara Fontana, que foi com a filha até Hollywood Boulevard para depositar flores e um cartaz no qual se lia "Michael, obrigado pelas grandes lembranças, sentiremos saudades".

Uma dúzia de velas acesas foram colocadas no azulejo de Michael, quase escondido pelos diversos objetos levados pelos fãs, entre eles ursos de pelúcias, cruzes, fotografias, retratos ou inclusive discos de vinis gravados pelo artista nos começos de sua carreira.

Alguém tinha deixado um navio pirata de brinquedo da produção de "Peter Pan" com um texto escrito na vela da pequena embarcação que dizia: "Michael, aqui está Peter Pan para levar você à Terra do Nunca (Neverland, em inglês, nome do rancho do cantor).

Apenas alguns fãs resistiam à pressão dos repórteres e conseguiam fazer um círculo em torno da estrela, que cada vez mais ia parecendo com um túmulo com o nome de Michael, em cujo centro se colocou um anel com o símbolo de um toca-discos.

As emoções e alguns choros se alternavam com cantos improvisados de temas que transformaram em mito o rei do Pop, cuja música "estará sempre em nossos corações", como dizia outro cartaz.

"Ele é a razão de eu gostar tanto de gêneros diferentes de música. Ele mudou o mundo para mim. Meu pai costumava colocar as fitas de vídeo de 'Thriller' quando éramos pequenos e o víamos por semanas", afirmou Alex Martínez.

"Acho que todo o mundo vai lembrar como uma fantástica estrela, quando as pessoas souberam que estava doente se mobilizaram e foram ao hospital e depois vierem aqui. Tenho família no México e querem vir ver sua estrela e também amigos no Japão que também querem viajar aos Estados Unidos", assegurou este fã.

Martínez disse que "uma parte de Hollywood foi com ele (Michael) quando morreu".

Na Calçada da Fama não faltava também pessoas que tentaram lucrar com o luto pelo cantor e tentavam vender aos turistas camisetas comemorativas com a imagem do rei do pop a US$ 20 cada, enquanto tentavam evitar a Polícia, por não terem licença para a venda ambulante. EFE fmx/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG