Fãs de Madonna acampam em frente do Credicard Hall

Na tarde da última sexta-feira, eram apenas 5. Ontem, ao meio-dia, já havia mais de 300 fãs de Madonna acampados em frente ao portão do Credicard Hall, em São Paulo, que se abre hoje para a venda de ingressos do show que a cantora realiza nos dias 18 e 20 de dezembro, no Estádio do Morumbi.

Agência Estado |

Ali, ninguém pensa duas vezes para pagar R$ 600 pelo ingresso na pista VIP ou para comer poeira na beira da Avenida Nações Unidas. Tudo pelo sonho de ver a cinqüentona de perto.

Gente de outros Estados, amigos de fãs e até mães estão de plantão à espera de um lugar ao sol - e sol a pino, para a tristeza de quem não tem barraquinha para se alojar. “Lição para a próxima vez: trazer filtro solar”, brinca Paulo Roberto Mimiaci Basili, 21 anos, o número um da fila do Credicard Hall. Ele chegou antes de todo mundo, na sexta, de mala e cuia, e se tornou o ‘organizador voluntário’ da fila. Fornece uma espécie de senha a cada grupinho que chega no local. Aí vale o revezamento. Ou seja, pelo menos uma pessoa do grupo precisa bater ponto no lugar.

O esquema, aparentemente caótico, funcionou. “Viramos uma grande família, todo mundo se ajuda”, conta o cabeleireiro Rogério Azevedo, 30, que veio de ônibus de Milagres, Ceará, e trouxe na bagagem um gasto de R$ 1.300 entre passagem, alimentação e ingresso. “E olha que ganho só R$ 300 por mês. Fiz empréstimo, dei um jeito.”

Pessoas de fora como ele contam com a ajuda de paulistanos para comer e tomar banho. A mãe de Alan Cecato, 30, é uma das que aparece no acampamento para fornecer banho quente para mais algum fã desabrigado. Já as outras necessidades são resolvidas no canteiro da frente, mesmo. E eles juram: por Madonna, tudo isso vale a pena. As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG