O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, afirmou ao Congresso em Foco, na tarde desta segunda-feira (27), esperar que o escândalo das passagens aéreas seja um ponto de virada na história do Parlamento brasileiro. A democracia não sobrevive sem um parlamento altivo e ativo, disse Britto. Nesta segunda-feira, o site publicou http://congressoemfoco.ig.com.br/noticia.asp?cod_canal=1&cod_publicacao=27971editorial defendendo com unhas e dentes a existência do Congresso, com a plena garantia de suas prerrogativas constitucionais, com forte atuação do desejo dos brasileiros.

O representante de uma das maiores entidades de classe do país concorda com esta tese. Ele aponta que, em um estado democrático de direito, o parlamento sempre necessita de aperfeiçoamentos. De imediato, Britto rechaça qualquer tipo de manifestação pelo fechamento do Congresso. Para ele, isso só interessa aos "autoritários de plantão". Mas acredita que as manifestações pelo fechamento da Câmara e do Senado sejam mais uma forma de desabafo da sociedade.

Leia tudo no Congresso em Foco

Saiba mais sobre a 'farra das passagens' no Congresso

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.