Famoso restaurante espanhol El Bulli fechará por 2 anos

Madri, 26 jan (EFE).- O famoso chef espanhol Ferrán Adrià anunciou hoje que fechará entre 2012 e 2013 seu restaurante El Bulli, avaliado com três estrelas pelo Guia Michelin, embora seus fogões permanecerão acesos para continuar trabalhando na criação gastronômica.

EFE |

Em entrevista coletiva realizada na VIII Cúpula Internacional de Gastronomia Madri Fusão, Adrià quis adiantar qualquer especulação: "o triste teria sido dizer que já contribuí com o que tinha que contribuir".

"A partir de 2014, El Bulli estará aberto ao público, com certeza", insistiu. O chef negou que a pressão das estrelas atribuídas pelo "Guia Michelin" o tenha feito tomar essa decisão, já que necessita de "pressão para criar, porque sem pressão não há criatividade".

El Bulli, localizado próximo à cidade de Rosas (na Catalunha), foi considerado pela revista "The Restaurant Magazine" e durante vários anos consecutivos o melhor restaurante do mundo.

"Vamos trabalhar todo o possível para que a cozinha espanhola continue em alta", disse Adrià, mas admitiu não ter "nem ideia" do formato nem do financiamento do restaurante quando for reaberto.

O desafio, acrescentou, é saber se há "além" no futuro da alta cozinha. O formato atual de seu restaurante "acabou", disse, e esse fechamento é necessário para "reorganizar como será a partir de 2014".

Recebido na entrevista coletiva por outros célebres chefs espanhóis - Juan María Arzak, Pedro Subijana, Joan Roca e José Andrés - Adrià considerou que El Bulli não é "um dogma da alta cozinha, porque cada negócio é um mundo".

"É preciso definir e saber muito bem o que é a alta cozinha", afirmou o chef, que rejeitou que este conceito não seja mais coerente.

A decisão tem, além disso, um componente pessoal. "Não sei ficar à toa, mas também merecemos tranquilizar nossas vidas após 25 anos", comentou. EFE lcl/sa

    Leia tudo sobre: comidapanelinha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG