Famílias querem revisão de indenização no caso TAM

SÃO PAULO - As famílias das vítimas do vôo 3054 da TAM querem que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) reveja o valor do reajuste do seguro obrigatório (Reta) que as companhias aéreas devem pagar em caso de acidentes.

Agência Estado |

Em reunião com o diretor da agência Marcelo Guarany, na sexta-feira, os representantes das famílias alegaram que, pelos cálculos do Ministério Público de São Paulo, o valor das indenizações deveria chegar a R$ 140 mil.

Na segunda-feira, a Anac determinou que o valor a ser pago é de R$ 40.950. Em nota, a agência alegou que o reajuste foi determinado de acordo com a tabela de correção monetária usada pelo governo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais sobre: acidente da TAM

    Leia tudo sobre: tam

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG