Na estréia do programa eleitoral gratuito na TV, a maior parte dos candidatos à prefeitura do Rio apostou na apresentação de suas biografias e de suas famílias ao eleitor. Mulheres e filhos deram depoimentos.

Esta fórmula foi escolhida pelos candidatos do Marcelo Crivella (PRB), Eduardo Paes (PMDB), Alessandro Molon (PT) e Fernando Gabeira (PV). Solange Amaral (DEM) optou por dar espaço ao padrinho político e principal cabo eleitoral, o prefeito Cesar Maia. Jandira Feghali (PC do B) falou da profissão de médica e música e da atuação parlamentar. Chico Alencar (PSOL) destacou a importância da ética e o fato de não ter "rabo preso com nenhum esquemão", como havia dito no programa de rádio.

O único candidato a levar artistas para o primeiro programa na TV foi Gabeira, com o apoio do diretor Daniel Filho e do escritor Nelson Motta. Na falta de um depoimento direto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em defesa de sua candidatura, Molon levou para a tela a ex-governadora Benedita da Silva e o senador paulista Eduardo Suplicy. O programa do PT foi aberto com a imagem de Lula pedindo que os militantes "não tenham medo de ser petistas, de andar com uma estrela no peito", usada desde ontem nas inserções de 30 segundos na TV.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.