O ministério das Relações Exteriores da França anunciou que receberá nesta quarta-feira as famílias dos três franceses retidos há 15 dias no Brasil após um incidente em um voo da TAM em São Paulo.

As famílias serão recebidas pelo gabinete do chanceler francês, Bernard Kouchner, informou o porta-voz Bernard Valero.

"Será avaliada durante o encontro a situação de nossos compatriotas, e será dada às famílias a garantia do pleno apoio de nosso ministério", declarou.

No dia 7 de dezembro, os três turistas franceses se envolveram em uma discussão acalorada com a tripulação de um avião da TAM que ficou parado várias horas em São Paulo por causa de um problema técnico, e foram detidos pela polícia federal.

No dia 11, eles foram liberados sob fiança, mas não foram autorizados a deixar o território brasileiro.

As famílias foram recebidas segunda-feira pelo Eliseu - a presidência francesa - e pediram a intervenção do presidente Nicolas Sarkozy.

prh/yw/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.