Famílias ainda buscam indenização do acidente da Gol

Faz exatos três anos que a colisão entre o Boeing da Gol com o jato Legacy matou 154 pessoas, em Mato Grosso. Desde então, 119 famílias foram indenizadas pela empresa aérea.

Agência Estado |

Segundo a Associação de Familiares e Amigos das Vítimas do Voo 1907, cada uma recebeu, em média, R$ 160 mil. Porém, quase um quarto das famílias das vítimas ainda espera por reparação.

"O valor oferecido pela Gol é muito baixo, porque a maioria perdeu parentes que eram provedores de suas casas", afirma a advogada Mellina Galvanin, que atende nove das 35 famílias que ainda não firmaram acordo com a companhia aérea.

"Pedimos ao menos R$ 465 mil. Pouco, se compararmos com indenizações oferecidas nos Estados Unidos e na Europa para esses casos, de cerca de US$ 1 milhão."

A advogada alega que a Gol teria recebido um seguro de no mínimo R$ 750 milhões pelo acidente. "Queremos, então, que a reparação por danos morais seja calculada em cima desse montante", diz. A Gol preferiu não comentar o assunto. A Assessoria de Imprensa da empresa se limitou a confirmar o número de indenizados.

Leia também:

Leia mais sobre: acidente da Gol

    Leia tudo sobre: acidentegol

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG