Familiares homenageiam vítimas do voo 3054 da TAM

Cerca de cem pessoas participaram de homenagens às vítimas da maior tragédia da aviação brasileira neste domingo, em Porto Alegre, ao final de mais uma reunião da Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do voo 3054 da TAM (Afavitam). O acidente ocorreu no aeroporto de Congonhas no dia 17 de julho de 2007 e deixou um saldo de 199 mortos.

Agência Estado |

Desde então familiares e amigos se encontram periodicamente para acompanhar as investigações e pedir providências que tornem as viagens aéreas mais seguras no Brasil.

Os participantes da reunião de Porto Alegre mostraram-se inconformados com o resultado do inquérito da Polícia Federal que só apontou falhas nos procedimentos adotados pelos dois pilotos mortos na tragédia. E destacaram que esperam que as investigações do Ministério Público e do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos mostrem os erros que devem ser corrigidos em toda a estrutura da aviação para evitar tragédias semelhantes no futuro.

Os familiares e amigos depositaram flores e fizeram orações no Largo da Vida, onde estão plantadas 199 árvores em homenagem às vítimas e depois entraram no aeroporto, onde repetiram o gesto no saguão de embarque, exibindo uma bandeira do Brasil com as palavras "verdade e justiça" no lugar de "ordem e progresso".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG