Família faz missa por acusado de fraude em transplantes

Parentes e pacientes do médico Joaquim Ribeiro Filho participaram, na manhã de hoje, de uma missa em desagravo a ele. O cirurgião especializado em transplante de fígado é acusado de peculato e está preso desde a semana passada.

Agência Estado |

Segundo o Ministério Público, ele teria desrespeitado a ordem da fila de transplantes, beneficiando pacientes operados numa clínica particular da zona sul do Rio.

Durante a missa na Igreja São Paulo Apóstolo, em Copacabana, na zona sul, enquanto uma cunhada lia uma carta em sua defesa, alguns fiéis deixaram a igreja revoltados com o que classificaram de politicagem.

A advogada Camila Freitas, que é irmã do médico, disse que ele ainda não foi ouvido pelas autoridades, apesar de ter se oferecido diversas vezes. Segundo Camila, ele atribui a sua prisão às denúncias que fazia sobre a ineficiência da captação de órgãos, gerida pela central estadual de transplantes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG