Família de Heath Ledger ainda não decidiu quem receberia Oscar do ator

Los Angeles (EUA.), 20 fev (EFE).

EFE |

- A família do australiano Heath Ledger, morto em janeiro de 2008, pode receber a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante caso o astro conquiste o prêmio, apesar de a filha de três anos da estrela ser, pelas regras, a encarregada de recolher o Oscar, informou hoje a imprensa local.

A Academia das Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos ainda não confirmou quem subirá ao palco caso Ledger ganhe o prêmio, embora os pais do australiano já tenham aterrissado em Los Angeles, depois de viajar da Austrália.

Apesar de a Academia não ser favorável a que as estatuetas sejam recolhidas por pessoas que não sejam o premiado, costuma-se abrir uma exceção quando se trata de falecimentos.

Nesses casos, as estatuetas são entregues aos parentes mais próximos, que, neste caso, seria a filha de Ledger.

No entanto, a situação do ator é mais complicada, já que sua herdeira direta, Matilda, tem três anos e não pode receber o prêmio; a mãe da menina, Michelle Williams, nunca foi casada com Ledger e os dois tinham se distanciado, e, por isso, os pais do astro poderiam ocupar esse vazio.

Ao chegar ao aeroporto internacional de Los Angeles, o pai do ator, Kim Ledger, confirmou ao site "TMZ.com" sua intenção de levar a estatueta à Austrália.

"A guardaremos a ela (Matilda) para sempre", disse Kim Ledger, que deve subir ao palco do teatro Kodak.

O destino de alguns dos muitos prêmios recebidos por Ledger este ano ainda não foi decidido, como é o caso do troféu do Sindicato de Atores (SAG).

"Ainda o temos aqui até que se conclua a tramitação de papéis, como é preciso", explicou a produtora Kathy Connell, enquanto o Globo de Ouro e o Critics Choice Awards foram enviados ao escritório da representante de Ledger, Mara Buxbaum. EFE fmx/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG