Família de Eloá autoriza doação de órgãos da menina

A família de Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, autorizou hoje a doação dos órgãos da menina, que teve a morte cerebral confirmada às 23h30 de ontem. Ela foi baleada na cabeça na noite de sexta-feira pelo ex-namorado Lindembergue Alves, de 22 anos, que a manteve refém durante quatro dias em Santo André.

Agência Estado |

De acordo com a dra. Rosa Maria Aguiar, diretora do Centro Hospitalar de Santo André, um dos irmãos de Eloá ligou autorizando a doação às 10h30. "Ficamos felizes com este ato de doação num momento tão horroroso como esse", afirmou a médica.

Uma equipe do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia deve ir ao local às 12 horas para fazer a captação. Após a captação, o corpo de Eloá será levado para o Instituto de Medicina Legal.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG