Falso desembargador é preso acusado de vender cargo em São Paulo

SÃO PAULO - Um homem de 50 anos foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira na região dos Jardins, zona oeste de São Paulo, acusado de se passar por desembargador para vender cargo de assessoria por R$ 6.600.

Agência Estado |

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, a polícia chegou ao suspeito de estelionato Carlos Nazar Afrahamjan depois que um engenheiro de 44 anos afirmou ter sido vítima do golpe.

O engenheiro relatou que foi abordado na quarta-feira da semana passada. Segundo ele, o suspeito afirmou ser desembargador e lhe ofereceu o cargo de assessor em seu gabinete, localizado nas proximidades da avenida Paulista.

Para conseguir o emprego, ele deveria levar uma cópia de seus documentos pessoais e pagar a quantia de R$ 6.600. O engenheiro aceitou a proposta e deu, como adiantamento, a quantia de R$ 2 mil. Porém, após pesquisar o nome do suspeito, o engenheiro desconfiou que tinha sido vítima de um golpe e acionou a polícia.

Ainda segundo a secretaria, a vítima foi instruída pela polícia a marcar um novo encontro com o homem para o pagamento do resto da quantia combinada. No local marcado, a polícia prendeu o suspeito com os documentos da vítima e R$ 1 mil do engenheiro, que foi devolvido. Afrahamjan foi encaminhado para o 2º Distrito Policial.

Leia mais sobre: estelionato

    Leia tudo sobre: estelionato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG