Falhas na execução provocaram queda de viga do Rodoanel em São Paulo, indica laudo

SÃO PAULO - Uma série de falhas na execução provocou a queda das vigas de um viaduto em construção no trecho sul do Rodoanel Mario Covas que deixou três pessoas feridas no dia 13 de novembro. A conclusão é do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT) que encaminhou nesta segunda-feira o laudo final da análise técnica à Secretaria Estadual de Transporte.

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

O IPT aponta três motivos para o surgimento de uma força horizontal não contida que provocou o desabamento de três vigas de contenção: falta de horizontalidade das bases de apoio, insuficiência de atrito das vigas com a base de apoio e falta de travamento adequado das vigas.

Segundo engenheiro ouvido pelo iG, isso significa que as bases foram construídas em uma posição errada, o que pode ter reduzido o atrito com as vigas. A falha foi agravada pelo travamento inadequado.

A hipótese de falha na execução já havia sido cogitada por peritos criminais e pelo secretário estadual de Transporte, Mauro Arce.

AE

Carreta e dois carros foram atingidos por vigas que caíram do Rodoanel

Além de apontar as causas, o IPT recomendou adequações nos controles de nivelamento e assentamento das vigas além de mudanças no sistema de travamento. Mais de duas mil vigas como as que desabaram no dia 13 serão instaladas somente no trecho sul do rodoanel. Trezentas delas já foram colocadas. A secretaria não soube informar se elas passarão por análise técnica ou possíveis correções.

A Secretaria de Transporte informou que a partir de agora, esclarecidas as causas, será feita a devida apuração das responsabilidades contratuais e funcionais pela prática do acidente, além da responsabilidade penal que é objeto de inquérito policial.

As obras de adequação só poderão começar a partir do dia 4 de janeiro, por orientação da Polícia Rodoviária Federal, devido ao aumento de tráfego decorrente das festas de fim de ano.

O acidente aconteceu na noite de 13 de novembro, na altura do km 279 da rodovia Régis Bittencourt, em Embu das Artes, quando as três vigas de 45 m cada desabaram sobre um caminhão e três veículos deixando três pessoas feridas.

Leia mais sobre: IPT - Rodoanel

    Leia tudo sobre: rodoanel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG