leia mais aqui). Neste ano, ao lado de Tom Zé, Chico César e Francis Hime, uma das atrações é Fafá de Belém, encarregada de apresentar faixa a faixa o disco Água, de 1977, fruto de uma das épocas mais celebradas de sua carreira." / leia mais aqui). Neste ano, ao lado de Tom Zé, Chico César e Francis Hime, uma das atrações é Fafá de Belém, encarregada de apresentar faixa a faixa o disco Água, de 1977, fruto de uma das épocas mais celebradas de sua carreira." /

Fafá de Belém canta sucessos e música francesa na Virada Cultural

SÃO PAULO ¿ Seguindo a tradição criada nos anos anteriores, o palco do Teatro Municipal de São Paulo vai abrigar durante a Virada Cultural apenas artistas convidados a recriar ao vivo grandes álbuns de sua carreira (http://ultimosegundo.ig.com.br/cultura/2009/04/27/o+homem+por+tras+da+virada+cultural+5788958.htmlleia mais aqui). Neste ano, ao lado de Tom Zé, Chico César e Francis Hime, uma das atrações é Fafá de Belém, encarregada de apresentar faixa a faixa o disco Água, de 1977, fruto de uma das épocas mais celebradas de sua carreira.

Marco Tomazzoni |

Fafá vai se apresentar no Teatro Municipal
e na Virada do Sesc Pompéia / Divulgação

Moradora da capital paulista, a cantora admitiu em entrevista ao  Último Segundo  que sempre namorou à distância a Virada Cultural. "Embora viva em São Paulo há 25 anos, nunca trabalhei muito por aqui", reconhece. Em novembro, surgiu o convite da organização para integrar o elenco deste ano e ela mesma escolheu o álbum que gostaria de recriar, Água .

Foi com seu primeiro disco, Tamba Tajá , de 1976, que o Brasil descobriu Maria de Fátima, ou Fafá. Sucesso de crítica, televisão e público, a jovem paraense caiu na estrada para mostrar músicas de forte cunho regional, seja o óbvio nortista, com o carimbó, passando pelo xote e chegando até o sul. A turnê, feita toda em "ônibus comercial", como lembra a cantora, percorreu o país de ponta a ponta. Dessa experiência, saiu todo o repertório de Água , lançado no ano seguinte.

O álbum teve grande êxito comercial e vendeu mais de 100 mil cópias. Para Fafá, o sucesso foi resultado da identificação do público com as músicas. "É um trabalho que correu o Brasil inteiro, unha a unha, e as canções do disco refletem essas referências do povo brasileiro", reflete. "'Foi Assim' é desse disco e preciso cantá-la até hoje nos shows."

A música foi composta, ao lado de "Pauapixuna", pela dupla paraense Paulo André e Ruy Barat e ambas são consideradas os grandes destaques do disco, apesar de "Sedução" (Milton Nascimento e Francisco Brant) e "Cidade Pequenina" (Caetano Veloso e Roberto Menescal) também disputarem a preferência dos fãs.

Ritmos regionais ajudaram a coroar disco "Água" em seu lançamento / Divulgação

Todas elas estão no setlist do show no Municipal, que vai procurar reproduzir o clima do espetáculo realizado do final da década de 1970 ¿ amparada por uma rede, Fafá usará um vestido branco de renda e vai cantar descalça. "É o melhor jeito pra poder dançar no palco", garante.

Da equipe original, volta o violonista Chiquito Braga, arranjador do álbum, com quem Fafá não trabalhava há 20 anos. As canções vão ser acompanhadas por violão, baixo, saxofone, flauta e, no lugar da bateria utilizada em Água, apenas percussão. Para deixar tudo isso pronto a tempo para o show no próximo domingo, os envolvidos vêm realizando ensaios virtuais, já que a cantora se divide entre viagens pelo Brasil e exterior ¿ ela volta em cima da hora de Portugal para participar da Virada.

Participação, aliás, em dose dupla. Na entrevista, Fafá confirmou que vai participar da homenagem do Sesc Pompéia à França, batizada de "Paris é uma Festa". A programação da unidade faz parte das comemorações do Ano da França no Brasil e a cantora vai se juntar a Zeca Baleiro, Edgar Scandurra, Siba e Arthur Nestrovski na "Virada à Francesa", regada a clássicos da chanson française e músicas brasileiras vertidas para o francês. Fafá vai cantar, entre outras, "Dans mon Coeur", sua versão de "Terezinha", de Chico Buarque.

Programação da Virada - Teatro Municipal
18h - Clara Crocodilo (1980) - Arrigo Barnabé e Banda Sabor de Veneno
21h - Alma (1986) - Egberto Gismonti
00h - Grande Liquidação (1968) - Tom Zé
03h - Aos Vivos (1995) - Chico César
06h - Violeta de Outono (1986) - Violeta de Outono
09h - Cama de Gato (1986) - Arthur Maia
12h - Água (1977) - Fafá de Belém
15h - Francis Hime (1973) - Francis Hime e Orquestra Experimental de Repertório
18h - Alma de Borracha (1986) - Beto Guedes

Leia mais sobre: Fafá de Belém , Virada Cultural

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG