Fábio Barreto filma vida de Lula antes da presidência

SÃO PAULO ¿ Lula havia acabado de perder a eleição para Fernando Collor e não parava de olhar para o copo em cima da mesa, enquanto almoçava com assessores próximos. Denise Paraná estava entre eles e perguntou o que tanto Lula olhava.

Agência Estado |

A resposta foi contundente. Agora estou tomando água mineral. Mas, quando eu tinha cinco anos, bebia junto com o gado em uma poça suja de barro. Ali estava o sujeito que acabava de ganhar milhões de votos na primeira eleição direta após a ditadura militar, e media seu sucesso na vida por poder tomar um copo dágua limpo.

Denise jogou fora a tese de doutorado que estava escrevendo e durante um ano fez várias entrevistas com Lula e seus irmãos. Estas entrevistas deram origem ao livro "Lula, o Filho do Brasil", base para o filme de mesmo nome que o diretor Fábio Barreto começa a gravar na próxima quarta-feira, em Pernambuco. Vai mostrar a vida de Lula, de seu nascimento até a morte de sua mãe, Dona Lindu. Exclui a história que todo mundo já conhece, diz Barreto.

Vai ser um filme sobre a relação mãe e filho, afirma Barreto. Dona Lindu era o principal pilar afetivo e ético de Lula. Segundo Barreto, o filme começa fazendo um retrato bastante seco da família de Lula no Nordeste. Não vai ter glamour nenhum. Depois mostramos a vinda para Santos, a convivência difícil com o pai, e então a mudança para São Paulo, quando Lula começa a ser feliz. Barreto também promete um filme emotivo.

A missão de interpretar Lula é de Rui Ricardo Diaz, conhecido no circuito teatral paulistano, mas cuja experiência no cinema se resume a um curta-metragem. Glória Pires foi escalada para o papel de Dona Lindu. Outro momento definitivo para o presidente foi a perda da primeira mulher, Lurdes (Cléo Pires fará a personagem), grávida de oito meses. Foi em função da morte da mulher que Lula entrou para o sindicato, onde encontrou nos companheiros uma família estendida e ganhou força para se casar de novo, agora com Marisa Letícia (interpretada por Juliana Baroni).

Leia mais sobre: Fábio Barreto

    Leia tudo sobre: fabio barreto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG