Tamanho do texto

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou, em nota distribuída hoje, que sobrevoou o aglomerado de balões que está a cerca de 50 quilômetros de Florianópolis, não tendo observado sinais do padre Adelir De Carli, de 41 anos, desaparecido domingo no litoral de Santa Catarina, depois de ter decolado de Paranaguá (PR), impulsionado por balões de festa. As buscas com o avião prosseguem amanhã.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.