Ex-vocalista do É o Tchan é acusado de matar policial

Delegado que investiga o caso diz Kléber Menezes alegou ter agido em legítima defesa durante briga em boate

AE |

O cantor Kléber de Jesus Menezes, ex-vocalista do grupo de axé "É o Tchan", está sendo acusado de envolvimento na morte de um policial militar, que foi atingido no peito por um tiro na madrugada de domingo, em Salvador, Bahia. O delegado Roberto César, que investiga o caso, informou que Kléber alega ter agido em legítima defesa.

Segundo as sete testemunhas ouvidas até o momento, após um desentendimento na boate de strip-tease Eros, o policial sacou a arma e os dois começaram a brigar. Na luta, um disparo feito pela arma do policial o acertou e ele morreu no local. Laudos periciais ficarão prontos em 15 dias. Os exames auxiliarão na conclusão do caso.

    Leia tudo sobre: ex-vocalista È o Tchanbrigamorte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG