Ex-surfista Teco Padaratz lança grupo musical El Niño

Jack Johnson não foi o primeiro nem será o último surfista a tirar onda de popstars. Quando Johnson ainda surfava profissionalmente, em uma das etapas do campeonato mundial (o WCT) teve a companhia de um brasileiro na mesma onda.

Agência Estado |

Naquele ano, Johnson se deu melhor. Estava em Pipeline, o quintal de sua casa no Havaí. O brasileiro, no caso, era o surfista Flávio “Teco” Padaratz, que anos depois seguiria os mesmos passos musicais de Johnson.

Padaratz encerrou sua carreira profissional há cinco anos. Quando freqüentava as praias de todo o mundo, brincava de baterista em uma banda chamada Surf Explícito. Com o fim do seu ciclo no mar, decidiu que era hora de levar a sério aquilo que era apenas um hobby nos tempos de pranchas e tubos. Junto com o produtor brasileiro Chris Oyens, decidiu formar o grupo El Niño. Desta vez, além da prancha, juntou guitarra, baixo, bateria e o weissenborn (o violão havaiano).

“O Chris é fã do Ben Harper (o americano também toca o violão havaiano) e a minha voz se assemelha a do Jack Johnson”, fala Teco de Florianópolis. O primeiro disco (homônimo) acaba de ser lançado pela gravadora MZA. Até o final do ano, Teco promete uma turnê e um show surpresa, com uma grande banda em uma final do circuito mundial do surfe aqui no Brasil.

“O trabalho nos surpreendeu. Ficou muito profissional”, diz Teco. O grupo é formado ainda por Fabrício Matos, na guitarra, Marcos Cianpolini no violão e guitarra, e teve a participação especial de Armandinho, que entra no clima da banda cantando em inglês. Para quem quer matar a curiosidade, é possível ouvir o som da banda no endereço do MySpace (www.myspace.com/elninooficial). As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG